Tabacaria é interditada e bares são autuados em fiscalização da Prefeitura de Caraguatatuba

Uma tabacaria e dois bares sofreram ação da equipe de fiscalização da Prefeitura de Caraguatatuba no último fim de semana, por estarem em situação irregular.

Na sexta-feira (6) os fiscais da Saúde, Urbanismo e Comércio estiveram na região sul e encontraram um estabelecimento, no Perequê-Mirim, funcionando sem licença da Vigilância Sanitária e vendendo bebida alcoólica fracionada, o que não é permitido.

Pelas infrações, foi autuado em R$ 7.480 e tem prazo para recorrer. Caso a defesa não seja aceita, pode ser multado neste valor.

No sábado, houve a interdição de uma tabacaria no bairro Estrela D´Alva, que estava aberta, mas não tinha licença para funcionar com essa atividade. A multa foi de R$ 3.740.

Já no domingo, houve a autuação de uma adega, no Massaguaçu, que também não tinha licença de funcionamento.

Ainda durante o fim de Semana, os fiscais do Comércio atenderam denúncia de comércios irregulares e notificaram 10 estabelecimentos para se regularizarem.

Pela Fiscalização de Posturas, foram atendidas 47 denúncias de perturbação de sossego que geraram cinco multas de R$ 1.720 cada, porque houve flagrante, além de aplicada uma multa de R$ 3.635 por falta de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

Os fiscais ainda estiveram na Feira do Rolo do Tinga, onde abordaram 34 pessoas sem máscara de proteção facial contra a Covid-19.