Estacionamento do Buriti Shopping Guará vira telhado verde

Criada há três anos, horta orgânica beneficia famílias carentes e instituições sociais no Vale do Paraíba

O concreto numa área de 74 metros quadrados no Estacionamento G1, do Buriti Shopping Guará, dá espaço a um telhado verde. A união de funcionários e estudantes voluntários resultam na Horta Orgânica Buriti Guará, projeto socioambiental realizado por meio da parceria entre o shopping e a Faro, a Faculdade de Roseira.

A Coordenadora de Marketing do Buriti Shopping Guará, Thaís Sperancini Gomez, explica que um dos objetivos do projeto é promover a sustentabilidade, solidariedade e colaboração com o desenvolvimento dos jovens da comunidade.

“Em 2018, em parceria com a Faro, o projeto tomou forma e foi instalado no Estacionamento G1 do shopping, reutilizando o lixo orgânico produzido na Praça de Alimentação de forma sustentável para a compostagem. Com muito orgulho conseguimos anunciar sua retomada”, disse.

Retomada depois de permanecer com as atividades paralisadas por conta da pandemia do Coronavírus. Criada há três anos, a horta orgânica beneficiou cerca de 200 pessoas de famílias carentes e ligadas às instituições sociais de Guaratinguetá e Roseira, nas últimas semanas.

Alface, rúcula, salsinha, chicória, agrião e almeirão. Essas são algumas das hortaliças cultivadas na horta pelos voluntários. Hoje, são cerca de 20 funcionários do centro de compras e lazer que atuam nos setores da administração, marketing, manutenção, operações e limpeza, além de cinco alunos dos cursos de Engenharia Ambiental e Direito.

A última entrega de hortaliças para as comunidades ocorreu em agosto e foi destinada para instituições cadastradas no Fundo Social de Solidariedade de Roseira. Neste ano, a horta orgânica também beneficiou o Lar das Crianças São Pedro Apóstolo, o Lar dos velhinhos e o Lar Vicentino, em Guaratinguetá.

Desde o início, em 2018, foram beneficiadas 32 instituições e comunidades do Vale do Paraíba. “A contribuição com a comunidade carente é um dos fatores mais importantes para o Buriti Guará. A cada colheita, que ocorre mensalmente, conseguimos levar alegria para a mesa das pessoas”, contou Thaís.

Os colaboradores, lojistas e clientes podem participar e contribuir com a iniciativa de diversas maneiras: divulgando o projeto, levando pessoas para visitação guiada à horta orgânica, indicando instituições e comunidades carentes para recebimento das doações e participando efetivamente da entrega das hortaliças. “O shopping deixou de ser apenas um destino de compras somente, se tornou um instrumento de desenvolvimento, responsabilidade social e ambiental”.

Coordenadora da horta comunitária, Néia Castro foi a pessoa quem ‘desenhou’ o projeto. “O shopping sabia que trabalhávamos com questões ambientais e expressaram a ideia de ter uma horta. Discutimos à época e chegamos ao projeto que existe hoje”, disse.

Para Néia, iniciativas como essa é importante tanto para a faculdade como para o shopping e as instituições beneficiadas. “É um trabalho socioambiental porque produzimos hortaliças sem agrotóxicos e entregamos nas instituições filantrópicas que mais precisam. Posso dizer que é um belo trabalho, porque acompanho desde a preparação da terra, o plantio até a colheita e a doação. A gente sente a importância desse trabalho para a comunidade”, finalizou.

Os clientes que desejarem conhecer a Horta Orgânica Buriti Guará podem agendar um tour guiado no Ponto de Atendimento Faro, que fica em frente à loja Renner, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, ou mandar um e-mail para atendimento.gua@terraladm.net.br ou fazer contato pelo telefone (12) 3132-1585.