Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em 12 cidades brasileiras

Governo Federal reconheceu nesta segunda-feira (27) a situação de emergência. A maior parte pela falta de chuvas

O Governo Federal reconheceu nesta segunda-feira (27), a situação de emergência em 12 cidades brasileiras que registraram desastres naturais. 

A maior parte dos reconhecimentos foi concedida pela falta de chuvas. As cidades gaúchas de Espumoso, Fontoura Xavier e Tupanciretã enfrentam estiagem, assim como Acopiara e Milhã, localizadas no Ceará. Já a seca atinge as também cearenses Deputado Irapuan Pinheiro e Mombaça.

Já o excesso das chuvas atingiu Matuípe, na Bahia; Barra de São Francisco, no Espírito Santo; São Gabriel do Oeste, em Mato Grosso do Sul; além de duas cidades de Minas Gerais: Dionísio e Serranópolis de Minas.

Com o reconhecimento federal da situação de emergência, os gestores desses municípios podem solicitar auxílio financeiro ao Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR. O coronel Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como os recursos podem ser utilizados.

“Os recursos da Defesa Civil Nacional podem ser empregados de três formas: socorro da população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas pelo desastre”.

As solicitações de reconhecimento de situação de emergência e de repasse de recursos devem ser feitas pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2iD. A ferramenta pode ser acessada em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Fonte: Brasil 61