Baleia-jubarte é encontrada morta em São Sebastião

Animal morto flutuando foi resgatado segundo técnico desenvolvida pelo Instituto Argonauta para evitar riscos à navegação

Nesta terça-feira (26), a equipe do Instituto Argonauta que executa o Projeto de Monitoramento de
Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) foi acionada sobre uma baleia morta que foi vista
boiando próxima a Ilha do Montão de Trigo. O cetáceo foi encontrado pela nossa equipe
perto da Ilha dos Gatos, em São Sebastião.

A baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) macho, adulto, com aproximadamente 11 a
12 metros de comprimento, foi rebocada por nossa equipe para a coleta de material.
Devido ao tamanho e peso do animal, o reboque foi feito de forma lenta. O Instituto
Argonauta desenvolveu uma técnica de reboque e encalhe controlado feito para evitar
risco à navegação, ou seja, que um barco atropele a carcaça durante a noite e também
evitar que o animal encalhe em uma praia onde gere transtornos à população local.
Não foi verificado nenhum sinal contundente de interação com pesca, mas devido ao
estágio avançado de decomposição e autólise dos órgãos, a causa de morte não foi
confirmada.

O Instituto do Argonauta executa o projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de
Santos (PMP-BS). Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das
atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos
marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos
animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Sobre o Instituto Argonauta

O Instituto Argonauta foi fundado em 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba e
reconhecido em 2007 como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse
Público). O Instituto tem como objetivo a conservação do Meio Ambiente, em especial
dos ecossistemas costeiros e marinhos. Para isso, apoia e desenvolve projetos de
pesquisa, resgate e reabilitação da fauna marinha, educação ambiental e resíduos
sólidos no ambiente marinho, dentre outras atividades

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade
desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal
das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na
Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.
O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15
trechos. O Instituto Argonauta monitora o Trecho 10, compreendido entre São Sebastião
e Ubatuba.
Para mais informações sobre o PMP-BS, consulte: http://www.comunicabaciadesantos.com.br

Seja um Argonauta!

Venha conhecer o Museu da Vida Marinha @museudavidamarinha, na Avenida
Governador Abreu Sodré, 1067, Perequê-Açu, Ubatuba/SP, aberto diariamente. Para
acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados
ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800-642-3341 ou diretamente para o
Instituto Argonauta: (12) 3833.4863 ou 3833.5789/ (12) 3834.1382 (Aquário de Ubatuba)
e (12) 99785.3615 – WhatsApp