Arapyau, ano novo Guarani, é comemorado com extensa programação nas Terras Indígenas do Rio Silveira

Setembro é inicio de um novo ciclo para o povo Guarani. Para esta etnia, o Arapyau, ano novo na língua nativa, é celebrado neste mês. Com isso, a festa será comemorada a partir desta quinta-feira (1) e segue até domingo (4), na Aldeia Rio Silveira, localizada na divisa entre Bertioga e São Sebastião. 

A entrada é aberta ao público, através de doação de alimentos ou contribuição em dinheiro, para os projetos da Aldeia. 

A celebração conta todos os dias com a mesma programação, sempre das 9 às 17 horas. No local, os visitantes podem conhecer e acompanhar a cultura indígena mais de perto. A primeira parada será o ritual de abertura, com o batismo em agradecimento aos ancestrais indígenas. 

Ao decorrer do dia, os visitantes podem assistir apresentações de canto e dança, arco e flecha, exposição e venda de artesanatos, além de experimentar a tradicional pintura corporal e alimentos da culinária Guarani. Quem participar também fará a caminhada pela trilha até a cachoeira. 

À noite, o povo Guarani reza ao redor de uma grande fogueira para encerrar as atividades. 

O Arapyau é uma tradição cultural Guarani, que acontece em setembro por ser considerado o mês de plantios, rituais de agradecimento e proteção. Além da tradição, o evento é uma porta de entrada para parcerias e um aumento na renda do povo originário com a venda dos artesanatos.

“Todo o ano tem o batismo, faz parte da nossa cultura e é uma das mais sagradas. Com a festa, além de selarmos um agradecimento a terra e aos ancestrais, também conquistamos mais ganhos para nosso dia a dia, ajuda bastante”, esclarece Sérgio Kaŕai, líder da Aldeia. 

Para visitar é necessário entrar em contato com o Cacique Aldolfo Wera Mirim, através do número (11) 94231-7570 ou com Sérgio Kaŕai pelo telefone (12) 98882-0419. 

SERVIÇO

Entrada pela Avenida Guarani, 1000, Boraceia