Controladoria do Estado e Polícia Civil realizam Operação Gravame contra fraudes no sistema do Detran

A Controladoria Geral do Estado realiza nesta quarta-feira (21), com apoio da DEIC de Bauru, a primeira fase da Operação Gravame para combater fraudes no sistema do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e da Prodesp, companhia de processamento de dados do Estado de São Paulo. A atuação é contra crimes de organização criminosa, corrupção passiva e ativa, favorecimento pessoal, lavagem e ocultação de valores e inserção de dados falsos em sistema informatizado.

“A Operação Gravame da Controladoria Geral do Estado, criada pela nossa gestão, junto com a Polícia Civil, prendeu nesta manhã envolvidos em fraudes no Detran. Aqui ninguém passa a mão na cabeça de bandido, inclusive aqueles que atuam dentro dos órgãos públicos do estado”, disse o governador Rodrigo Garcia.

Os cinco alvos são investigados por envolvimento em fraudes no sistema de multas, pontuação de CNHs e baixas de comunicados de vendas e de óbito do Detran. Os mandados de prisão foram cumpridos com a captura de um diretor do Detran de São Paulo, um policial militar da ativa, dois despachantes e um funcionário de despachante. Foram apreendidos mais de R$ 100 mil na casa do diretor, apontado como o líder do esquema, mais de R$ 10 mil na casa do despachante, um cheque de R$ 500 mil, documentação e três pistolas semiautomáticas. Outros 12 mandados estão em andamento.

Com o apoio do DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), a Operação também contou com a participação da Corregedoria da Polícia Militar. Os suspeitos foram conduzidos à Divisão de Capturas do DOPE e permaneceram à disposição da Justiça. As investigações prosseguem em andamento pela DEIC de Bauru.