Prefeitura de Caraguatatuba segue com ação para coibir furtos de energia elétrica em espaços públicos

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Urbanismo, e em conjunto com a Secretaria de Serviços Públicos, segue com ações para identificar ligações clandestinas e coibir o furto de energia elétrica em áreas públicas do município.

Nesta quinta-feira (6), o trabalho foi realizado na Praça Antônio Fachini (Praça do Artesão), no bairro Martim de Sá, região central do município. Os serviços envolveram a inspeção de caixas de passagem e outras instalações de energia, como fios de alta tensão desencapados e expostos.

A iniciativa, que teve início no último dia 12 de setembro, tem por objetivo prevenir acidentes com as pessoas que frequentam praças e outros espaços de lazer da cidade, além de evitar quedas de energia e sobrecarga na rede elétrica – prejuízos provocados pelos chamados “gatos”.

Segundo o secretário de Urbanismo, Wilber Cardozo, a ação objetiva coibir a prática de fraude para que os recursos públicos permaneçam sendo utilizados em benefícios da própria população. “Esse tipo de crime, além de danos econômicos, também representa risco à vida de quem passa por essas áreas”, afirmou.

O serviço já foi realizado nas praças Cândido Mota, Diógenes Ribeiro de Lima e Ton Ferreira, localizadas no Centro de Caraguatatuba. A Prefeitura ressalta que o furto de energia, assim como o de cabos, é um crime previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, e pode ser punido com multa, além de prisão que varia de um a quatro anos de reclusão.

Denúncias de fraude

Para denunciar furto de energia em áreas públicas, o cidadão pode utilizar a Central de Relacionamento 156, pelo site 156.caraguatatuba.sp.gov.br, aplicativo ‘Caraguatatuba 156’ e telefone 156.

A denúncia de instalações clandestinas (ou gatos) em imóveis particulares pode ser feita diretamente à EDP, em diferentes canais de atendimentos disponibilizados pela concessionária no site www.edp.com.br/atendimento/denuncias-de-fraude/.