Prefeitura de Caraguatatuba cria mais de 3,1 mil vagas com a construção de sete unidades escolares

Investimento com recursos municipais superou R$ 23 milhões para a entrega das escolas

Uma das prioridades da Prefeitura de Caraguatatuba é, sem dúvida, a área da Educação.Renovação da frota, modernização de equipamentos, melhoria na merenda escolar, novos uniformes e material escolar foram algumas das ações.

Porém, ao assumir a gestão em 2017, o prefeito Aguilar Junior tinha a difícil missão de diminuir a fila de espera das escolas públicas municipais que girava em torno de 2 mil vagas.

Menos de seis anos depois, a Prefeitura de Caraguatatuba criou 3.197 vagas e construiu sete unidades escolares, cujo investimento supera os R$ 23 milhões.

As primeiras entregues foram CEI/EMEI Adriana Aparecida Cassiano (Perequê-Mirim) com 600 vagas, CEI/EMEI Professora Vera da Silva (Fazendinha) com capacidade de atender 244 crianças, a ampliação do CEI/EMEI Severino Vitoriano (Gaivotas) atendendo mais 240 crianças, ampliação do CEI/EMEI Professora Maria Carlita Saraiva Guedes (Morro do Algodão) atendendo mais 150 crianças, além da construção da EMEF Jane Urbano Focesi (Perequê-Mirim) para 650 crianças. Logo depois, foi entregue o CEI/EMEI Elisa Butschikau, do Barranco, Alto para atender 88 crianças.

O Pegorelli ganhou o CEI/EMEI Inspetora Waldete Ferreira de Souza, para 350 crianças de 0 a 5 anos. Já o bairro do Travessão ganhou o CEI/EMEI Stela da Silva para 275 crianças de 0 a 5 anos, enquanto a EMEF Profª Débora Valle da Silva Pilon atende até 600 alunos.

Mais 350 vagas

E está em fase final de construção o CEI/EMEI Golfinhos, que irá beneficiar mais de 350 crianças dos bairros Golfinhos, Jardim Britânia, Jardim das Palmeiras, Mar Azul, Recanto do Sol, Pontal Santamarina e Praia das Palmeiras.

Vale ressaltar que a Prefeitura de Caraguatatuba precisou romper o contrato com a primeira empresa responsável pela execução do empreendimento pelos atrasos e uma nova licitação foi realizada. O CEI/EMEI Golfinhos contará com 10 salas de aula, dois fraldários, um lactário, quatro sanitários, refeitório coberto, além de playground infantil e recreação e espaço para jardim e horta.

“O acesso à Educação é garantia constitucional e obrigação de qualquer gestor público. Pegamos uma fila imensa por vagas e resolvemos enfrentar mais esse problema. Investimos em ampliação e construímos novas escolas para abrigar nossos alunos. Educação sempre será prioridade na minha gestão”, declarou o prefeito Aguilar Junior.