Prefeitura de Caraguatatuba interdita duas colônias de férias por falta de segurança contra incêndios

Em continuidade à operação ‘Pousada Regular’, a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Urbanismo, interditou duas colônias de férias localizadas no bairro Porto Novo, região sul do município, em ação de fiscalização realizada nesta terça-feira (6).

Os estabelecimentos foram fechados por falta de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Essa documentação certifica que uma edificação é segura para receber o público, contando com todas as condições de segurança contra incêndio e pânico. A validade do certificado é de um a cinco anos.

Segundo o secretário de Urbanismo, Wilber Cardozo, antes do fechamento, os responsáveis já haviam sido notificados e orientados a providenciar a regularização dos empreendimentos no prazo de 30 dias, “mas eles sequer procuraram a prefeitura e os demais órgãos competentes para tal”.

Pela infração da Lei Municipal nº 1.144/80 (Código de Posturas), ambos os proprietários foram multados em 972 VRMs (Valor de Referência do Município), o equivalente a R$ 4.033,80. Os comércios ficam impedidos de funcionar até a apresentação da devida licença emitida pelo Corpo de Bombeiros.

“O intuito não é que deixem de trabalhar, mas precisamos de regularidade dessas pousadas e hotéis para que possam oferecer um bom serviço de qualidade ao hóspede e para que seja justo com outros estabelecimentos que estão regulares”, concluiu Cardozo.

Operação ‘Pousada Regular’

Iniciada no último mês de outubro, o objetivo da iniciativa é verificar se os estabelecimentos estão com a documentação em ordem com relação ao Alvará de Funcionamento, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e normas sanitárias.

Até o momento, foram vistoriados cerca de 50 estabelecimentos de hospedagem como hotéis, pousadas, chalés, hostel e similares. Todos foram orientados em relação às fiscalizações e foram lavrados oito autos de intimação. O trabalho será realizado durante todo o período do verão.