Caraguatatuba registra acumulado de chuva de 170mm em 72 horas e continua em estado de atenção

A Defesa Civil de Caraguatatuba registrou um acumulado de chuvas de 170 milímetros em 72 horas na cidade. Os dados foram coletados na manhã desta quinta-feira (22).

Com isso, a cidade continua em estado de atenção conforme o Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC). Os maiores acumulados, mais de 100 milímetros, foram registrados na Região Norte da cidade em bairros como Massaguaçu e Tabatinga.

Os agentes da Defesa Civil prosseguem com o monitoramento, vistoria e orientação aos moradores das áreas mais sensíveis, já que o solo está encharcado, fenômeno propício para casos de deslizamento.

Há ainda um monitoramento específico na Lagoa Azul e no Rio Tabatinga, que estão cheios e provocam extravasamento, principalmente em momentos que a maré estiver alta no oceano.

Dados meteorológicos apontam que a chuva deve continuar no dia de hoje com menor intensidade que ontem, mas com possibilidades de pancadas isoladas.

Um casal e seu cachorro, moradores na Massaguaçu, precisaram ser removidos por conta do alagamento na residência que fica abaixo no nível da rua. Eles foram encaminhados para a Instituição Restitui, que foi designada como um dos pontos de abrigamento. No local, a família recebe toda a assistência da Prefeitura, incluindo refeições.

Em casos de emergências, a Defesa Civil de Caraguatatuba pede que munícipe acione o telefone 199 ou 193 do Corpo de Bombeiros.

Serra Antiga

Ainda na manhã desta quinta-feira, a Concessionária Tamoios interditou de forma temporária o trecho de descida da Serra antiga (Rodovia dos Tamoios) porque o acúmulo de chuva na região nas últimas 72h ultrapassou os 100 mm causando o risco de queda de barreiras no trecho.

Por questões de segurança do usuário, o trânsito está fluindo com Operação Especial pela Serra Nova. Com isso, o trânsito na Serra Nova flui através da Operação Comboio com Pare & Siga ora no sentido litoral, ora no sentido São José dos Campos, acompanhada de equipes da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e com apoio da Concessionária Tamoios. A expectativa é de que o tempo de espera do usuário seja de uma hora e meia.

Ainda conforme a Concessionária Tamoios, por determinação das autoridades, não é permitido trafegar pela Serra Nova em ambos os sentidos simultaneamente.

A liberação do fluxo para cada sentido ocorre mediante o volume de veículos. As equipes de sinalização estão posicionadas no km 64 (trecho de planalto) sentido Litoral e km 82 (trecho urbano de Caraguatatuba, próximo ao acesso para a Serra Nova) no sentido São José dos Campos.

Importante destacar que devido à situação, já há pontos de lentidão de veículos no trecho urbano de Caraguatatuba e as equipes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão como da Polícia Militar Rodoviária realizam o acompanhamento.