Durante o verão fique atento às chuvas durante suas visita em unidades de conservação do Parque Estadual

O verão e as férias são um convite para conhecer novos locais, como praias e parques, porém é preciso ficar atento a alguns detalhes antes de se aventurar em meio à natureza. Em épocas de chuvas, um dos principais riscos em passeios a cachoeiras e rios são as cabeças d’água. Esse fenômeno meteorológico é o aumento repentino do volume das águas de cachoeiras, rios e lagos, quando chove muito rio acima. A correnteza se torna muito forte e dificulta a saída dos banhistas.

Para garantir a segurança dos visitantes, a Fundação Florestal, com o apoio da Defesa Civil, acompanha diariamente a previsão do tempo. Contando com o mapeamento das bacias que drenam para os atrativos turísticos das Unidades de Conservação como rios, cachoeiras, cavernas, etc, foram elaborados Sistemas de Gestão de Segurança (SGS), estabelecendo procedimentos para avaliação e intervenção quando há riscos nessas áreas. Essas informações são utilizadas pela administração dos parques para fechamento ou evacuação dos atrativos.

A melhor maneira de se manter seguro é entender os riscos e evitá-los, assim, a FF separou algumas dicas para você não ser pego de surpresa:

Antes da visita:
– Fazer a reserva pelo site de Vendas Online da Fundação Florestal;
– Consultar a meteorologia antes da visita;
– Entrar em contato com a administração da UC antes de da visita;
– Contratar monitores ambientais cadastrados nas UC;
– Ter em mãos os telefones de emergência:

         • Defesa Civil – 199
         • Polícia Militar – 190
         • Bombeiros – 193
         • SAMU – 192

O que fazer durante a visita:
– Ficar de olho em alterações no volume e velocidade da água;
– Ficar de olho na mudança de coloração e presença de detritos na água;
– Ficar de ouvidos atentos ao aumento no ruído da cachoeira;
– Sempre escolher com cuidado o local onde permanecerá;
– Buscar um local mais alto para refúgio;
– Não tentar atravessar rios caudalosos, aguardar socorro;
– Entrar em contato com os serviços de resgate;
– Sempre levar consigo água e algum alimento;
– Sempre avisar aos seus familiares onde está indo e quando pretende voltar.
– Utilizar roupas e equipamentos compatíveis com a atividade que pretende realizar

Em caso de dúvidas, os funcionários das Unidades de Conservação estarão sempre à disposição para ajudar.

Para mais informações sobre a previsão de chuva, acesse: portal.inmet.gov.br