Polícia Militar localiza helicóptero desaparecido

Atualizado às 12:19.

Após 11 dias de procura, o helicoptero Águia 24 localizou o helicoptero desaparecido desde a tarde do dia 31 de dezembro, quando desepareceu ao adentar um trecho de forte neblina no trajeto entre a cidade de São Paulo e o município de Ilhabela, no litoral norte do estado.

Imagem divulgada pela Polícia Militar mostra destroços do helicóptero em meio a vegetação fechada. Não há ainda informações a respeito de sobreviventes.

Desde o primeiro dia do ano, as buscas eram feitas com helicópteros e aviões da FAB (Força Aérea Brasileira), Polícia Militar e Polícia Civil. O trabalho ganhou reforço de equipes do Exército. A família do piloto e a empresa CBA Investimento, operadora da aeronave, também mantinha buscas em solo com cerca de 20 mateiros usando drones, binóculos e outros equipamentos.

Polícia Militar confirma mortes de passageiros e piloto do helicóptero.

Os passageiros eram Luciana Rodzewics, 46 anos, a filha dela, Letícia Ayumi Rodzewics Sakumoto, 20 anos, e Raphael Torres, 41 anos, amigo da família. Foi Raphael quem as convidou para o passeio bate e volta, segundo Silvia Santos, irmã de Luciana.