Força-tarefa combate a dengue em Boiçucanga

São Sebastião, 26 de fevereiro de 2024 – A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), mobilizou agentes de combate à endemias e da Defesa Civil em uma força-tarefa contra a dengue no bairro de Boiçucanga, na Costa Sul do município, no último sábado (24).

A ação teve como objetivo eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti e conscientizar a população sobre a doença. Além disso, a nebulização veicular, conhecida como ‘fumacê’, foi realizada nos pontos com maior concentração de casos positivos de dengue.

Aumento de casos e alerta

O município está em alerta devido ao período propício para a reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, intensificado pelas altas temperaturas e maior incidência de chuva. Além disso, o aumento de casos positivos de dengue no sudeste do Estado, especialmente do sorotipo 3, conhecido por sua gravidade, preocupa as autoridades.

Dados preocupantes

Até o momento, São Sebastião registra 868 notificações e 203 casos positivos da doença, sendo 53 registrados na última semana. Todos os bairros do município apresentam casos, com destaque para Juquehy, Boiçucanga, Jaraguá, Pontal da Cruz, Cambury, Itatinga e Maresias.

Combate à dengue: medidas e responsabilidades

A diretora de Vigilância em Saúde, Fernanda Paluri, ressalta que, além das atividades de rotina dos agentes de combate à endemias, como visitas às residências, eliminação de criadouros, aplicação de larvicida e nebulização, o município utiliza o geoprocessamento para monitorar as áreas mais infestadas.

“Essa ferramenta nos permite visualizar com maior precisão todos os casos da doença e também os índices de infestação, intensificando os locais de ação para combate à proliferação do mosquito ou disseminação do vírus”, explica Fernanda.

A diretora também lembra que a prevenção é a melhor forma de evitar a dengue e que a maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios. “As medidas preventivas envolvem cuidados com o nosso quintal e também com o dos vizinhos, além do uso de repelentes, uma das principais armas individuais de combate à doença”, destaca.

Ações conjuntas e responsabilidades compartilhadas

A força-tarefa em Boiçucanga demonstra o compromisso da Prefeitura de São Sebastião com o combate à dengue. No entanto, é fundamental a participação da população para eliminar os criadouros do mosquito e prevenir a proliferação da doença.

Colaboração da população é fundamental

A Prefeitura de São Sebastião pede a colaboração de todos os munícipes para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Medidas que podem ser tomadas pela população:

  • Eliminar qualquer água parada em casa, como em vasos de plantas, pneus, calhas e garrafas;
  • Manter tampados tonéis, caixas d’água e poços;
  • Limpar calhas e lajes periodicamente;
  • Manter ralos fechados;
  • Usar repelentes ao sair de casa;
  • Colaborar com os agentes de combate à endemias durante as visitas domiciliares.