Aracaju (SE) comemora 169 neste domingo (17)

Para comemorar os 169 anos de Aracaju, neste domingo (17), a prefeitura da capital sergipana preparou uma programação especial para os moradores. As comemorações vão começar na Colina de Santo Antônio, às 8 horas, com a celebração da missa em homenagem ao aniversário do município.

Das 11 às 16 horas, será realizado o campeonato de motocross de aniversário da cidade no bairro 17 de Março. À noite, a partir das 20 horas, a praça de eventos Hilton Lopes ganhará vida com apresentações de artistas no show comemorativo de aniversário. Entre as atrações, estão João Ventura, IZA e Belo.

Na segunda-feira (18), as comemorações na Galeria Álvaro Santos começam às 18h com a abertura de exposição de fotografia em alusão ao aniversário de Aracaju. Em seguida, haverá uma apresentação do Grupo Renantique.

Na terça-feira (19), a programação continua no Centro Cultural de Aracaju, das 9h às 11h e das 16h às 20h com exposições. No dia seguinte (20), haverá um sarau poético dedicado ao aniversário da capital, às 15h, na Biblioteca Ivone De Menezes Vieira.

Turismo

No acumulado de  2023, o  Aeroporto de Aracaju registrou um crescimento de 22,25%, passando de 866.542 passageiros em 2022, para 1.059.354 no ano passado, um aumento de  192.812 passageiros. Segundo o secretário da prefeitura do estado, Jorge Fraga, o crescimento beneficiou os segmentos de turismo, como o de hospedagem, bares, restaurantes, lojas de artesanato e comércio. 

História

17 de março é o dia em que Aracaju, capital de Sergipe, comemora seu aniversário de 169 anos. Antes de tornar-se a cidade conhecida como Aracaju, o local era uma das áreas da nova colônia de Portugal que encontravam-se em estado de guerra devido às divergências culturais entre os povos originários, negros escravizados e brancos europeus.

Acabar com as brigas era de extrema urgência para Portugal, em 1950, Cristóvão Barros, funcionário da coroa portuguesa, fundou a cidade de São Cristóvão (que mais tarde virou a capital da província), junto à foz do Rio Sergipe e definiu a Capitania de Sergipe.

Aracaju nasceu em 1855, como a primeira cidade planejada por necessidades econômicas. Teve sua ascensão impulsionada por uma decisão da Assembleia que elevou o povoado de Santo Antônio do Aracaju à categoria de cidade, transferindo-lhe a capital da província. A pequena São Cristóvão não atendia mais às condições essenciais para ser a sede administrativa, devido à pressão econômica.

Nos anos 1970, Aracaju era considerada uma cidade com estabilidade, de porte médio, sem muitos problemas de segurança ou infraestrutura. Nesse cenário, alguns turistas começaram a explorar a cidade, muitos desembarcando por curiosidade e, eventualmente, optando por morar no local.

Fonte: Prefeitura de Aracaju.

Pixel Brasil 61