Dólar: moeda atingiu R$ 5,03

O dólar renovou sua valorização frente a moedas internacionais, em um início de semana de especulações acerca da “Super Quarta” — dia em que, tanto no Brasil, quanto nos Estados Unidos, haverá a nova decisão sobre o patamar das taxas básicas de juros das economias. 

No cenário interno brasileiro, há perspectiva de manutenção do corte de juros da Selic em 0,5 ponto percentual. Entretanto, os resultados da inflação trazem dúvida quanto à velocidade de queda da taxa de juros. Esta perspectiva é reforçada com dados que foram divulgados na última segunda-feira (18) do IBC-Br, sugerindo uma economia mais aquecida em janeiro que o esperado. 

Por sua vez, nos Estados Unidos, resultados acima do projetado da inflação também colocam em dúvida a queda de juros naquele país, em um ciclo de cortes que deve ser mais brando que as previsões iniciais. Neste cenário de incertezas acerca das perspectivas das economia no Brasil e no mundo, houve valorização do dólar e do euro. 

Desde o último fechamento, estas moedas estão cotadas a R$ 5,03 e R$ 5,47, respectivamente. 

O dólar comercial não ultrapassava a barreira de R$ 5,00 desde novembro de 2023. 

Os dados são da companhia Morningstar.
 

Pixel Brasil 61